segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Resenha 2: A Vida Na Porta Da Geladeira




Preciso me acalmar. Não acredito que eu chorei tanto. Simplesmente, não acredito. O que me fez chorar? O livro "A Vida Na Porta Da Geladeira". Sei que já fiz resenha dele aqui no blog, mas como eu era muito pequena na época da resenha, resolvi fazer de novo, porque PRECISAVA desabafar urgentemente! Reli hoje o livro e, não sei se foi porque amadureci, mas a história me conquistou de uma forma incrível... A história é comovente, me emocionou muito, e, preciso confessar, chorei baldes e baldes de lágrimas! O livro conta a história de uma médica (obstetra) e de sua filha, que é uma adolescente de apenas 15 anos. A mãe anda sempre muito ocupada com o trabalho e a filha com os típicos "problemas" da adolescência. Assim, nenhuma tem muito tempo para a outra, dificultando o relacionamento entre elas. Elas se comunicam quase sempre por bilhetes na porta da geladeira, e é isso que se passa o livro inteiro: Os bilhetes que elas deixam, uma para outra, na geladeira. Até que a mãe se descobre com câncer de mama, começa a não ter disposição para nada e fica chocada, pois sua filha começa a se virar cuidando dela, virando sua "mãe". Elas começam a se lamentar por não ter passado mais tempo juntas, se conhecido melhor e não terem aproveitado a vida como deveriam. O final é muito comovente e lindo, porque mostra a vida real! O livro mostra que coisas ruins podem acontecer com qualquer um, mas com uma narrativa leve e divertida de ler! O tema do livro é pesado, mas surpreendentemente o livro não é. A autora conseguiu narrar os fatos de um jeito bonito, de um jeito diferente... Não é por isso que não vamos chorar! Pode já ir preparando o seu balde e deixe uma caixa de lencinhos a postos, porque nesse livro o que mais nós fazemos é chorar. Mas o livro tem uma lição maravilhosa e sinceramente o livro é inesquecível! Quando comecei a chorar desesperadamente, meus pais vieram me acalmar, dizendo para eu ter calma, mas o mais estranho é que eu não queria ter calma! Eu queria chorar, eu queria botar para fora tudo o que eu estava sentindo... O livro é incrível! É triste sim, mas é muito lindo! Tem uma lição que irei levar para a minha vida inteira. Nos ensina que temos que viver cada minuto como se fosse o último e aproveitar cada segundo ao lado de quem se ama, sem ter nenhum arrependimento. Recomendo demais o livro, apenas não recomendo para quem tem o coração muito fechado, que pode se chocar bastante! Na minha outra resenha tinha dado 4 estrelas, mas agora, com certeza, SÃO 5 ESTRELAS! Livro chocante, maravilhoso e imperdível! :-D

Beijos,
Mari.

5 comentários:

  1. Ai Mari, deve ser muiiiiiito triste. Mas me deu a maior vontade de ler!!!
    Vou acrescentar na minha listinha...
    Bjs
    Joana

    ResponderExcluir
  2. Amei a resenha! ♥ O livro parece ser fofo e tocante. Pena que não estou com muito tempo para me dedicar a leitura...

    Beijos!

    www.ladyleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Nossa, Mari! O livro deve mesmo ser lindo e surpreendente. Tá anotada a sugestão para eu poder ler e conhecer essa história que tanto te emocionou.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. eu ja li esse livro,é incrivel!

    ResponderExcluir
  5. O livro é mesmo lindo!!..
    E realmente é de chorar baldes!!..

    ResponderExcluir

Sintam-se à vontade para comentar aqui no blog! Adoro saber a opinião de vocês, e sempre quando posso, retribuo o comentário e a visita! Bom, espero que gostem do blog e lembrem-se: A casa é sua! :)